Boas notícias

Desde o início que a comunidade e todos os utilizadores envolvidos neste projecto sonham bem alto sobre ele, não apenas desejando o possível mas quase sempre o inatingível. Triste notar que dezassete edições são três anos e nada meramente inatingível tenha sido alguma vez tentado, conquistado, enfim oferecido a todos os utilizadores que alguma vez tenham dedicado uns minutos a este projecto. Não é que a participação na revista Programar viva ou apenas sobreviva de recompensas “douradas” ou mediáticas, pois até agora tais não houve e cada utilizador soube apreciar o resultado final e ter orgulho nele, mas uma prenda não faz mal a ninguém, de vez em quando.É por isso que tenho o prazer de anunciar que a partir desta edição a Revista Programar será incluída no DVD da publicação sobre informática e novas tecnologias portuguesa PC Guia. Desde já aproveito para agradecer à PC Guia a confiança que depositou no projecto, comprovando a sua qualidade e relevância, ainda que direccionado a um grupo de utilizadores que, devido à sua dimensão, não encontra no mercado conteúdos adequados, só por este meio podendo ser fornecidos. A edição passada pode portanto ser encontrada na edição de Dezembro da PC Guia e as próximas edições seguir-se-ão.Espero que todos sintam o maior orgulho possível com este pequeno feito, e caso sonhem ainda mais alto e achem que muito mais era possível, podem sempre sugerir através do mail da revista próximos feitos que gostassem de ver atingidos.Como o título não é plural sem motivo, aproveitámos estes últimos dois meses para implementar algo há muito pedido, principalmente pelos autores dos artigos: um sistema de feedback. Nas habituais caixas de informação sobre o autor do artigo encontrará agora também um email para o qual pode enviar qualquer dúvida, sugestão ou agradecimento. Aconselhamos vivamente a que tal seja feito pois a revista não vive só do lado de cá e os autores precisam bastante de receber: sugestões, para que possam melhorar o seu trabalho; dúvidas, evidenciando um artigo que despertou a curiosidade de alguém; agradecimentos, enfim a prova final, se é que era necessária.Em Janeiro faremos 3 anos. 2006 já lá vai tão perto e tão longe. A todos os que continuam a apoiar-nos o nosso muito obrigado.