Desenvolvimento de Aplicações em PHP

Capa do livro Desenvolvimento de Aplicações em PHP
Título
Desenvolvimento de Aplicações em PHP
Autor(es)
Editora
FCA – Editora de Informática, Lda.
Páginas
464
ISBN
978-972-722-748-8

Quando comecei a ler o livro pensei, “Bem mais um livro sobre PHP”, tendo em conta que já não é o primeiro que leio e dificilmente será o último, tentei ler como se fosse a primeira vez que lia um livro sobre a linguagem PHP.

Conforme fui lendo, página a página, capítulo a capítulo, saboreando as páginas sem pressas, colocando apontamentos, dei por mim a recordar livros de outrora em que apresentavam uma linguagem ou tecnologia, sempre acompanhada de exemplos práticos e interessantes, que levavam o leitor numa “viagem” de auto-aprendizagem, seguindo os exemplos passo a passo. Algo que não é muito comum nos dias de hoje e em livros de PHP, tão pouco.

Logo na capa  o livro deixa clara a informação Código-fonte compatível com as versões PHP 5.3 e 5.4, o que por si só ajuda o leitor, pois a grande maioria das funções de acesso a dados que são utilizadas durante o livro foram deprecated na versão 5.5 do PHP e substituídas por outras, até serem removidas por completo numa futura versão.

Achei particularmente interessante a forma prática com que são abordados os temas e apresentados os exemplos, com um código “limpo e claro”, bem comentado, de fácil compreensão ao leitor menos experiente, se bem que algum conhecimento base de HTML e CSS se possa revelar uma mais-valia, aumentando a velocidade de aprendizagem.

Os exemplos apresentados são todos eles pertinentes, como  o exemplo da Loja Virtual, ou do Calendário Online mesmo sabendo que já existem diversas ferramentas open-source para esse mesmo efeito.

Gostei particularmente de ver apresentados alguns aspectos como por exemplo CAPTCHA, que nem sempre é usado nos websites, mas que se revela uma ferramenta necessária, o uso de hashs para passwords e outras informações sensíveis, a apresentação de bibliotecas como PHPlot, jpGraph, pChart, FPDF, entre outras que se revelam de grande utilidade e quando aplicadas num contexto prático, recheado de exemplos tornam mais fácil a compreensão da sua utilização.

Foi igualmente agradável e já perto do final do livro, ler um capítulo sobre integração com as redes sociais Facebook e Google+, demonstrando uma clara imparcialidade de preferências que achei extremamente bem vinda.

Para quem, como eu se envolveu no mundo da programação, no tempo em que os livros eram mais exemplos de código do que prosa e toda a gente saltava grande parte da leitura para ir experimentar os exemplos, este livro tem o “melhor de dois mundos”, ao trazer à memória um passado não assim tão distante, como ao tornar novamente a leitura de um livro sobre uma linguagem de programação, numa descoberta e não, num “fardo” como muitas vezes os livros são vistos pelo público menos “técnico”, ou menos disposto a “esforçar-se” para obter resultados.

Em conclusão, o livro está bem estruturado, com pontos fortes bastante fundamentados, com uma linguagem “leve”, sem termos extremamente tecnicistas e pesados, uma leitura aprazível até para os leitores menos experientes em programação, bastante abrangente e no entanto detalhado na quantidade certa para ser um bom livro de iniciação à linguagem PHP. Os conteúdos abordados são muito semelhantes aos conteúdos abordados nas disciplinas de PHP de alguns cursos secundários e pós-secundários, podendo ser um bom guia no apoio a estudantes que estejam a aprender PHP, pois não é demasiado pesado e tem uma componente prática bastante pertinente e na porção adequada.

Na óptica de quem já leu mais alguns livros sobre PHP, penso que o livro perde um pouco ao não apresentar o paradigma da Programação Orientada a Objectos em PHP, apesar de reconhecer que não creio seja esse o objectivo do livro, creio que fosse uma adição bem vinda, para edições futuras, bem como o acréscimo de um capítulo sobre os modelos MVC e MVVM. De qualquer das formas é uma leitura recomendável e aconselhável para quem quer aprender PHP e não pretende despender muito tempo com conhecimentos demasiado teóricos.

Publicado na edição 40 (PDF) da Revista PROGRAMAR.