<HTTP 509 Bandwidth Limit Exceeded>

Mais uma vez, após a periodicidade habitual, voltamos com novos artigos, temas diferentes, uma nova etapa!

Nesta edição trazemos uma nova variedade de artigos, que esperamos serem do vosso agrado! Trazemos a revista até os nosso leitores, com o mesmo esforço e a mesma dedicação que nos caracteriza.

Com esta edição passa exactamente um ano, desde que aceitei pegar neste projecto, que é nosso e vosso. Deixaram-me um grande legado, um legado difícil de viver à altura dele!

Com a mente no futuro e a vontade de continuar esse legado, a revista cresceu! Cresceu com todos vocês que nos acompanham edição após edição. Cresceu com a equipe que faz com que a Revista chegue até vós.

Quando comecei a escrever este editorial, estava a pensar, na revista e em todo o seu percurso. Desde que a leio até aqui. Penso nos objectivos traçados para o ano que finda, na evolução que a tecnologia teve, durante este ano e naquilo que serão os objectivos para o próximo ano!

Este ano trouxémos até vós, novos artigos, novos autores, novas colunas, novas secções. Assistimos ao “nascimento” de novas tecnologias, à perda de grandes mestres da tecnologia, ao lançamento do Raspberry Pi, o computador que prometeu revolucionar o acesso à tecnologia, e de certa forma acabou fazendo aquilo a que se propôs. Vimos serem dados “passos de gigante”, no mundo da tecnologia. E nós tentamos sempre acompanhar a mudança, as novas tecnologias, tudo para trazer até vós uma revista revigorada, edição após edição!

Quando escolhi o título desde editorial, escolhi-o a pensar no desejo e no objectivo que temos para o ano que vem! Levar a revista mais longe, a novos patamares, a mais leitores, trazer-vos mais e melhor, e com a vossa ajuda crescer!

Vem aí o que dizem alguns, ser o ano da tecnologia! Eu não gosto de previsões! Todas tendem a errar… Prefiro recordar as palavras do Homem que disse “prognósticos só no fim do jogo”, e desejar a todos vocês, um ano em cheio!

Nós cá estaremos, edição após edição, a trazer-vos o nosso melhor trabalho e as ultimas novidades da tecnologia! E em tom de brincadeira com o título, do editorial, vos digo, que o nosso “Bandwidth Limit” está longe de ser atingido! Continuaremos com mais, com melhor de todos nós, para todos vocês!

Até uma próxima edição, Continuem connosco, continuem a programar, continuem por aí, que nós estamos cá para vos trazer o melhor “without Bandwidth Limit”

António Santos

Publicado na edição 38 (PDF) da Revista PROGRAMAR.