Sistemas Operativos

Capa do livro Sistemas Operativos (2.ª Edição Atualizada)
Título
Sistemas Operativos (2.ª Edição Atualizada)
Autor(es)
Editora
FCA – Editora de Informática, Lda.
Páginas
752
ISBN
978-972-722-756-3

Quando se fala em livros de sistemas operativos, o primeiro nome que nos vem à cabeça é o muito popular Modern Operating Systems de Tanenbaum, uma obra já adotada por muitas instituições de ensino superior nacionais e internacionais para dar apoio à unidade curricular homónima. No entanto, com a edição Sistemas Operativos editada pela FCA, tudo poderá mudar no mercado nacional, que até aqui, não possuía uma obra tão completa do género.

O livro Sistemas Operativos da FCA, escrito por quatro professores de prestigiadas universidades portuguesas já bem experientes no assunto, vem desafiar o império criado pela anterior obra, criando um manual bastante completo e interessante deste grande mundo dos sistemas operativos. Apesar de no dia-a-dia, apenas usarmos a interface, existe muito para além disso, pois este tipo de software tem como principais objetivos fazer a gestão dos recursos do computador e disponibilizar ao utilizador uma interface que permita que este tire partido da melhor forma possível dos mesmos, por isso não é difícil imaginar o grande mundo que se passa por baixo do capot.

Em termos de conteúdo, para além de abordar os conceitos essenciais da temática dos sistemas operativos de uma forma bastante acessível e concisa, como a Gestão de Processos onde para além dos termos teóricos, possui também exemplos práticos da sua implementação nos sistemas operativos baseados em Unix como o Linux e o Mac OS X, bem como do Windows, a Gestão de Memória onde são tratados de assuntos como os vários tipos de endereçamentos, segmentações e paginações, a programação concorrente onde são abordados temas como sincronizações e interblocagens, sendo também apresentados diversos exemplos e os sistemas de ficheiros, onde para além de ser dada uma excelente explicação acerca do seu funcionamento e estruturas são também dados exemplos práticos dos existentes em Windows e Linux, entre outros temas; é também dedicado um capítulo final à temática da segurança, onde são explicados alguns dos termos essenciais e como funcionam os sistemas de segurança do Windows e do Linux, abordando o funcionamento da autenticação do mesmo, criação dos logs de sistema e a implementação dos privilégios dos utilizadores.

Os exercícios presentes no final de cada capítulo também são de louvar, e a sua variedade na abordagem dos diferentes temas abordados em cada um dos capítulos faz com que sejam certamente um elemento indispensável na compreensão dos mesmos, no entanto penso que poderiam também ser dadas as soluções pelo menos de alguns deles como os mais práticos, pode-se também destacar os resumos existentes no final de cada capítulo que de uma forma breve e sucinta, descrevem as temáticas do seu capítulo.

Concluindo, após analisar este livro, podemos finalmente dizer que há uma obra de Sistemas Operativos em português digna de fazer frente ao peso pesado já referido.

Está na hora das universidades e cursos nacionais adotarem e apoiarem os autores de manuais técnicos portugueses, e esta é uma excelente opção para a unidade curricular de sistemas operativos.

Quanto aos utilizadores mais curiosos que querem compreender melhor o que se passa por detrás da interface em que estes interagem com o sistema como autodidactas, este livro é a escolha perfeita para eles, uma vez que, a lingua- gem simples e bastante explícita simplifica em muito a aprendizagem por parte destes, sendo que os resumos finais e os exercícios são um dos complementos ideias.