Try { } catch { }

(…) dentro de poucos anos as pessoas terão mais facilidade de comunicar através de máquinas do que pessoalmente, cara a cara.
Joseph Licklider, In: THE COMPUTER AS A COMMUNICATION DEVICEÉ num misto de receio e orgulho que escrevo o editorial desta edição que é a primeira do ano 2014. “Cresci” a ler os editoriais da nossa revista e hoje encontro-me a pensar no que escrever nestas linhas, esperando estar à altura dos “Grandes” que por aqui deixaram a sua marca e a sua experiência.Numa época em que hoje é o que já não o será amanhã, marcada principalmente pela evolução tecnológica, desejo-vos a todos um ano marcado positivamente pela evolução. Aos amadores e aos profissionais, passando pelos iniciantes, acabando nos especialistas, sem nunca esquecer os curiosos… a todos, que o ano seja de conquistas.Chegados a mais uma edição da Programar, a no 44, e aproveitando o facto de o número desta edição, curiosamente, ser uma capicua em que o fim se pode tornar o início, quero recordar aos leitores que esta é uma revista de nós para vós, mas também de nós por vós. Porque sóis vós, leitores que nós movem edição a edição. Por mais e melhor.E porque nesta nossa equipa “cabe sempre mais um…”, a todos os que lêem estas linhas deixo o convite… Se tiverem uma ideia, concretizem-na. Se tiverem vontade de partilhar, força!Porque a partilha de ideias promove o crescimento intelectual e boas equipas provocam mudanças. E porque a Programar é um reflexo da partilha que existe na nossa comunidade do P@P.Numa altura que a tecnologia é o mote e que o “longe se torna perto”… Sonhem, escrevam, programem e concretizem. E se por ventura, tropeçarem… recomecem de novo. Tornando cada falha um melhoramento pessoal, caminhando em prol da evolução. Porque se todos temos dias de Segmentation Fault, a verdade é que também todos aprendemos que não haverá nunca um try sem um catch.Porque nós, programadores, somos “gente de ideias”, e não desistimos!Por isso e por muito mais… Programar… ontem, hoje e amanhã! Até à próxima edição. Rita Peres