Francisco Ribeiro

Introdução ao Haskell

Nota histórica

Durante uma conferência em 87 foi decidido que era necessário um standard de linguagem funcional. O Haskell nasceu aí e foi evoluindo aos poucos até em 97 ter sido elaborada a definições base da linguagem, este marco ficou conhecido como Haskell 98. Sendo uma linguagem funcional, destaca-se imediatamente pela inexistência de ciclos e em vez disso é dada preferência ao uso da recursividade. Entre outras características, que podem ser facilmente pesquisadas, Haskell, pode-se considerar strongly typedpure, lazy evaluation. Para a utilização dos programas de código fonte Haskell, existem duas opções. O uso de interpretadores como por exemplo GHCiHugs, ou através da compilação do código, sendo que neste caso utiliza-se o compilador GHC.

Continuar a ler