Rita Peres

Natural de Castelo Branco, licenciou-se em Engenharia Informática pela Universidade da Beira Interior. Membro do P@P desde Janeiro de 2010.

RGPD

Nos últimos tempos muito se tem falado sobre uma determinada sigla… a GDPR ou RGPD… aqui na PROGRAMAR decidimos dar uma olhadela neste assunto. Para ficarmos esclarecidos e ajudarmos o leitor a ficar mais esclarecido. E é este o motivo pelo qual este artigo surgiu.

Assim sendo vamos a isto… em português a sigla significa Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), também conhecida por GDPR – General Data Protection Regulation.

Todos nós sabemos que cada vez mais informação é poder. Vivemos num mundo em que tecnologia e informação andam cada vez mais de mãos dadas.

Continuar a ler

Sophia, a humanoide

Nos próximos dias vai decorrer em Lisboa mais uma edição do WebSummit. Espera-se que mais uma vez este evento seja um sucesso. Contudo este artigo não é sobre sobre o WebSummit, mas sim sobre uma participante especial da cimeira que nos despertou a atenção. Dia 7 de Novembro sobe ao palco, Sophia um robot humanoide. E o que é que este humanoide tem de especial pode perguntar o caro leitor…? Sophia foi a primeira humanoide a obter o estatuto de cidadã. Este facto ocorreu no final do mês de Outubro sendo que o Reino da Arábia Saudita concedeu a Sophia oficialmente o estatuto de cidadã do país. E sim, esta foi uma decisão polémica. A verdade é que um país com costumes muito próprios como a Arábia Saudita concedeu a cidadania à Sophia, logo a mesma é uma cidadã desse país. Muitos dizem que a humanoide tem mais direito do que as mulheres desse mesmo país. E isto sim, é algo controverso.

Voltando um pouco atras, Sophia foi criada pela Hanson Robotics, pela mão do CEO da empresa, o Dr. David Hanson. Este senhor tem já reputação de criar robôs que parecem e atuam de forma humana. Sophia foi criada para ser um robot social, o seu design foi projetado para poder ser uma mais-valia para ajudar nos cuidados de saúde, terapia, educação e aplicações de atendimento ao cliente. É um facto de que os robots são projetados para serem parecidos com os humanos mas a verdade é que a Sophia é talvez o robot mais avançado do mundo neste aspeto das parecenças humanas.

Continuar a ler

Algoritmo Back-Propagation

Nesta edição trazemos até vós, caros leitores, uma abordagem ao algoritmo de backpropagation. Este algoritmo foi desenvolvido nos anos 80 por Rumelhant, Hinton e Williams e é um dos algoritmos mais conhecidos das redes neuronais.

De forma a melhor introduzirmos o tema, uma rede neuronal artificial é inspirada no funcionamento nosso próprio sistema funcional enquanto humanos. Ou seja, é uma rede que aprende a cada experiência vivenciada. Um dos constituintes principais do sistema nervoso humano é o neurónio. Esta célula é responsável pela condução dos impulsos nervosos, e comunicam entre si através de sinapses. Por sua vez a sinapse é a região onde dois neurónios entram em contacto entre si, sendo que os impulsos recebidos, por exemplo, pelo neurónio X, são processados passando a informação resultante ao neurónio Y por meio de uma substância neurotransmissora. Sem querer alongar muito este tema biológico, podemos apenas dizer que os neurónios são formados por dendritos (funcionam como terminais de entrada), pelo corpo central (onde ocorre o processamento) e pelos axónios (que por sua vez funcionam como terminais de saída).

Continuar a ler

Android: Bases de Dados e Geolocalização

Nesta edição trazemos até vós a review de um dos livros mais recentes da FCA Editora, o Android: Bases de Dados e Geolocalização de Ricardo Queirós. Como seria de esperar, este é um livro com a qualidade habitual que este autor já nos habituou. Direccionado para os profissionais de informática (e também para os entusiastas e curiosos) que queiram dar os primeiros passos na programação Android com destaque claro está para as bases de dados e geolocalização. Contudo devo dizer-vos que os leitores mais experientes no assunto, não ficarão desiludidos com este livro em particular, uma vez que os temas abordados têm todo o interesse, tenhamos 0 ou 10 anos de experiência nesta temática.

O livro é constituído por oito capítulos, sendo que os mesmos estão divididos por duas partes. A linguagem de programação usada nos exemplos dados é o Java.

Continuar a ler

Mini Maker Faire Castelo Branco

Decorreu no passado dia 10 de Junho a Mini Maker Faire em Castelo Branco. Correndo o risco de ser suspeita, uma vez que Castelo Branco será sempre a minha cidade de eleição, é com orgulho que vos digo que este foi um evento que decorreu com todo o sucesso esperado. A PROGRAMAR como Media Partner do Evento, esteve no local, e posso dizer-vos que nesse dia, todos os caminhos iam ter à Mini Maker Faire.

Organizado pela AICB, a Associação de Informática de Castelo Branco, este evento teve a participação de vários makers e de mais de duas centenas de pessoas estiveram presentes.

Continuar a ler

Cifra Feistel

Nesta edição decidimos trazer até si, caro leitor, um artigo sobre uma cifra que data ao ano de 1973. Criada por Horst Feistel enquanto trabalhava na IBM, este algoritmo pertence à criptografia simétrica.

Para os leitores que não estão tão habituados a este tema, existem dois tipos de cifras. A simétrica e a assimétrica. Em termos práticos, a criptografia simétrica tende a ser mais rápida uma vez que exige menos capacidade computacional. Contudo é considerada menos segura uma vez que a mesma chave é usada para encriptar e desencriptar a informação é partilhada pelos diversos intervenientes (na criptografia assimétrica são usadas duas chaves distintas – a chave privada para desencriptar e a chave pública para encriptar a informação – apenas a chave pública é partilhada entre emissor e receptor sendo que a chave privada é usada para decifrar a informação).

Continuar a ler

Tinker Board

Tinker BoardHoje trago até vós caros leitores, um artigo sobre a Tinker Board. Os leitores mais acérrimos certamente sabem que sou uma fã incondicional da família Raspberry Pi. Ora a Tinker Board, é uma concorrente séria ao Raspberry Pi 3. Capaz de desviar o olhar dos fãs mais convictos, como é o meu caso. De uma forma rápida e sem rodeios, esta nova aposta da ASUS desvia-nos o olhar porque apesar de ser ligeiramente mais cara que o Pi 3, as vantagens são maiores do que a diferença de preço entre os dois modelos.

Lançada em Fevereiro de 2017 (de uma forma um pouco “atabalhoada” uma vez que houve distribuidores que a começaram a vender antes da data oficial de lançamento, o que obrigou a um rápido lançamento por parte do departamento de Marketing da ASUS), está disponível na Europa por valores entre os 65€ e 70€. Este micro computador tem um processador quad-core Rockchip RK3288 e gráficos ARM Mali-T764.

Continuar a ler

Programar Saturday 2017

No passado dia 1 de Abril teve lugar o Programar Saturday 2017 na Microsoft Lisbon Experience. Foram várias as sessões técnicas assim como workshops que estiveram ao dispor de todos os participantes. Cerca de cinquenta pessoas estiveram presentes, tornando este evento um sucesso. Nesta edição não podíamos deixar de deixar um agradecimento “oficial” a todos os que contribuíram desde a organização, voluntários, oradores e participantes.

Continuar a ler

Raspberry Pi Zero W

Com o intuito de comemorar o quinto aniversário da família Raspberry Pi, o fim de Fevereiro de 2017 trouxe mais uma novidade a esta conhecida família. Como não podia deixar de ser, aqui na Programar continuamos a ser fãs desta temática, motivo pelo qual não hesitamos em dedicar-lhe algumas linhas nesta edição.

Continuar a ler

WebSummit 2016

Como não podia deixar de ser, nesta edição resolvemos dedicar um espacinho ao Web Summit deste ano.

Para os leitores que não estão tão familiarizados com o mundo da tecnologia, queremos relembrar que a Web Summit é uma das maiores conferências mundiais de tecnologia.

A primeira vez que este evento teve lugar foi em 2009 em Dublin (onde se realizaram nos últimos 5 anos) e rapidamente se tornou um dos maiores eventos do género, uma vez que é dos acontecimentos anuais mais aguardados. A Web Summit foi fundada por Paddy Cosgrave, David Kelly e Daire Hickey.

Continuar a ler