Sara Silva

Licenciada em Matemática pelo DMUC, e o seu foco de desenvolvimento está direccionado para a área Mobile, sendo a sua principal especialidade aplicações para Windows. Atualmente desenvolve na área do Windows, Xamarin, Azure, e é Microsoft MVP Mentor. É autora de vários artigos técnicos e tutoriais. A Sara foi condecorada com vários prémios com especial destaque: Microsoft MVP, Xamarin MVP, Telerik Developer Especialista, C# Corner MVP, TechNet Wiki - Technical Guru. O trabalho que vai sendo desenvolvido pela Sara pode ser seguido através do seu blog www.saramgsilva.com e do twitter é @saramgsilva.
LinkedIn GitHub Twitter Facebook Google+

Testar aplicações móveis com Xamarin Test Cloud

Âmbito

Este artigo tem como objetivo mostrar como podemos testar as aplicações móveis usando Xamarin Test Cloud, sejam estas aplicações Xamarin ou aplicações nativas.

Introdução

O desenvolvimento móvel tem tido um crescimento exponencial, trazendo com isso um “booom” de aplicações para as diversas lojas. Claro está, que muitas das vezes quantidade não significa qualidade e quantas vezes nós próprios nos deparamos com potências aplicações que apenas precisam de melhorias, e em alguns casos a aplicação funciona bem numa plataforma e noutra não (por razões diversas). Com este crescimento e com base nas diversas necessidades muitas soluções têm surgido no mercado para que os programadores possam acompanhar o desempenho da aplicação durante a sua utilização.

Continuar a ler

Xamarin 4.0 – Tudo o que precisa para criar as suas aplicações móveis

Introdução

No primeiro semestre de 2014 a Xamarin lançou o Xamarin 3.0, que veio trazer às equipas de desenvolvimento de aplicações móveis muitas novidades, nomeadamente a framework Xamarin Forms que veio revolucionar a forma de desenvolvimento até então e para além disso possibilitou a criação de estratégias de reutilização de código, que permite diminuir o esforço de desenvolvimento entre as várias plataformas e claro está reduzir o tempo de manutenção.

Com isto, nos últimos meses muita tinta correu à volta das soluções oferecidas pela Xamarin, e com a publicação do Xamarin Test Cloud, Xamarin Insights e Xamarin Android Player, a Xamarin continuou a somar pontos.

Continuar a ler

Como usar base de dados SQLite em Windows 10 Universal Apps

Âmbito

Este artigo tem como objetivo mostrar como usar uma base de dados SQLite em Windows 10 Universal Apps, mais especificamente ligação à base de dados, obtenção e persistência de dados.

Introdução

Hoje em dia qualquer aplicação tem como requisito o uso de base de dados para armazenar os dados, desta forma existem várias soluções relacionais ou não, para o efeito. Uma solução muito usada nas aplicações móveis é o uso de base de dados SQLite, uma vez que é uma solução simples e fácil de usar. Em Windows 10 Universal Apps é possível usar base de dados SQLite, que atualmente se encontra numa versão preview, e que pode sofrer alterações até sair a versão final.

É sabido que a Entity Framework 7 irá suportar o Windows 10 Universal apps, no entanto este artigo não irá usar esta solução e será usada a biblioteca SQLite.Net-PCL, uma vez que é atualmente uma das bibliotecas mais simples de usar, e cujo código fonte está disponível no GitHub.

Continuar a ler

Xamarin: O ambiente de desenvolvimento em Windows & Mac

Este artigo tem como objetivo mostrar como criar o ambiente de desenvolvimento cross-platform, em Windows & Mac, usando Xamarin.

Introdução

O ambiente de desenvolvimento de aplicações móveis depende da tecnologia em causa e os sistemas operativos em que estão disponíveis. Desta forma, os programadores de Objective-C terão de usar um Mac para fazer o desenvolvimento das suas aplicações, os programadores de Windows Phone e Windows Store Apps irão usar um Windows e os programadores de Android poderão fazê-lo tanto num Mac como num Windows.

Usando a Xamarin Platform este cenário muda um pouco de figura, isto porque apesar de ser obrigatório ter um Mac para o desenvolvimento de iOS, é possível desenvolver aplicações iOS num Windows. De forma a clarificar como criar o ambiente para desenvolver e testar aplicações para Android, iOS e Windows ao mesmo tempo, irei apresentar os vários cenários possíveis.

Continuar a ler

Como fazer merge de diferentes versões de código gerado pelo Windows AppStudio

Este artigo tem como objetivo mostrar uma solução para fazer merge de diferentes versões de código gerado pelo Windows App Studio, usando uma ferramenta gratuita chamada Source Tree.

Introdução

Windows App Studio é um serviço que permite qualquer pessoa, sem conhecimentos de programação, criar aplicações Windows Phone 8.1 e Windows Store apps em apenas 4 passos: ter uma ideia, adicionar conteúdo, escolher os estilos e por fim usar a aplicação. Este serviço fornece vários templates para ajudar a criar vários tipos de aplicações e com isto a criação das aplicações irá ser mais rápido.

Continuar a ler

Integrar a Cortana numa aplicação Windows Phone

Este artigo tem como objetivo apresentar um exemplo de como integrar a Cortana com uma aplicação de Windows Phone.

Introdução

Uma das funcionalidades interessantes no Windows Phone 8.1 é a Cortana. A Cortana não é mais do que uma assistente pessoal, que ajuda os utilizadores em tarefas básicas, tais como ligar a um amigo, marcar na agenda um acontecimento e outras tarefas.

Continuar a ler

Xamarin: Sem custos para estudantes

Introdução

A Xamarin é uma empresa americana, mais especificamente de São Francisco, que foi criada em 2011, por engenheiros que trabalharam nos projetos  MonoMonoTouch e Mono for Android. Esta empresa tem foco no desenvolvimento de software que irá permitir que os programadores de aplicações móveis criem aplicações usando C# ou F#, que corram em dipositivos Android e IOS, como se de aplicações nativas se tratasse.

Do leque de produtos da Xamarin, destacamos a Plataforma Xamarin (representa um conjunto de ferramentas e produtos para desenvolvimentos de aplicações móveis, onde o Xamarin.Android, o Xamarin.IOS, o Xamarin Studio e o Xamarin para Visual Studio se incluem), o Xamarin Test Cloud (serviço que permite testar aplicações em diversos dispositivos físicos), o Xamarin Insights (serviço que permite acompanhar em tempo real o funcionamento das aplicações, fornecendo relatórios de erros, eventos e ajuda a compreender como os utilizadores usam a aplicação, baseado nos eventos ocorridos na aplicação).

Continuar a ler

Como ler o ficheiro manifest usando o Cimbalino Windows Phone Toolkit (usando MVVM)

Este artigo tem como objectivo mostrar como ler o ficheiro manifesto de uma aplicação Windows Phone, usando o  Cimbalino Windows Phone Toolkit Background, mais especificamente o ApplicationManifestService.

Introdução

Cimbalino Windows Phone Toolkit é um conjunto de itens úteis e poderosos para ajudar na implementação de aplicações Windows Phone, especialmente nas aplicações que implementem o padrão MVVM. O projeto base do toolkit contém serviços para implementação do padrão de MVVM, conversores, classes auxiliares, métodos de extensões.

Continuar a ler

Autenticação usando a conta do Facebook, Google e Microsoft numa app de WP8.0

Este artigo tem como objectivo mostrar como conectar uma aplicação Windows Phone 8.0 à conta do Facebook, Microsoft e Google, para que com isto seja validada a autenticação na aplicação. O artigo irá portanto, focar-se nas funcionalidades de login e logout.

O exemplo do artigo usa MVVM Light Toolkit  e Cimbalino Windows Phone Toolkit, no entanto está fora do âmbito do artigo explicar como se usa estes toolkits, para mais informações por favor consulte as seguintes referências: Artigos sobre MVVM Light e Artigos sobre Cimbalino.

Continuar a ler

Estendendo uma aplicação criada no App Studio da Microsoft

Este artigo tem como objetivo explicar como estender uma aplicação que foi inicialmente gerada pelo App Studio da Microsoft.

Num outro artigo, Criando aplicações Windows Phone 8.1 e Windows 8.1 usando o App Studio da Microsoft, foi apresentado o serviço da App Studio, os vários tipos de templates para criar aplicações, as várias fases do desenvolvimento da aplicação no serviço e por fim a geração dos pacotes e a obtenção do código.

Continuar a ler