Arquivo da Categoria: Tema de Capa

Artigos da secção “Tema de Capa”.

Testar aplicações móveis com Xamarin Test Cloud

Âmbito

Este artigo tem como objetivo mostrar como podemos testar as aplicações móveis usando Xamarin Test Cloud, sejam estas aplicações Xamarin ou aplicações nativas.

Introdução

O desenvolvimento móvel tem tido um crescimento exponencial, trazendo com isso um “booom” de aplicações para as diversas lojas. Claro está, que muitas das vezes quantidade não significa qualidade e quantas vezes nós próprios nos deparamos com potências aplicações que apenas precisam de melhorias, e em alguns casos a aplicação funciona bem numa plataforma e noutra não (por razões diversas). Com este crescimento e com base nas diversas necessidades muitas soluções têm surgido no mercado para que os programadores possam acompanhar o desempenho da aplicação durante a sua utilização.

Continuar a ler

Travessia de uma árvore de diretórios usando recursividade

Introdução

O diretório é um elemento familiar nos sistemas de ficheiros, sendo empregue para organizar o armazenamento de dados em suporte persistente como, por exemplo, discos rígidos. Uma operação relativamente comum num sistema de ficheiros é a travessia da árvore de diretórios, através da qual são visitados todos os subdiretórios e ficheiros. Este artigo foca o uso de recursividade e das funções stat e readdir para a travessia de uma árvore de diretório recorrendo à metodologia denominada de busca em profundidade (depth-first search na designação anglo-saxónica) (Knuth, 1968) (Wikipedia, 2015). Embora o artigo assente no ambiente Linux e na linguagem C, a metodologia utilizada pode ser empregue, com algumas adaptações, noutras plataformas e com outras linguagens de programação.

Continuar a ler

Azure Logic Apps: o futuro dos backends?

Introdução

Em Março de 2015 a Microsoft anunciou o Azure App Service, uma evolução da oferta aplicacional Azure que funde dois serviços existentes – Web Sites e Mobile Services – com dois novos serviços: as Logic Apps, destinadas ao desenvolvimento rápido e visual de processos de negócio, e as API Apps que encapsulam funcionalidades autónomas reutilizáveis, consistindo ambos numa concretização tecnológica de uma arquitectura baseada em Microserviços.

O objectivo deste artigo é apresentar as Logic Apps, tanto em termos do seu contexto e arquitectura, como na utilização concreta e simbiose com as API Apps.

Continuar a ler

Criar um Cluster de Processamento Paralelo MPI com Raspberrys

Introdução

O Raspberry foi um sucesso desde o seu lançamento e continua a fascinar programadores, makers, hackers, estudantes e até cientistas, pela sua performance e baixo custo.

São sistemas SoC (System on a Chip), de baixo custo, baseados em arquitectura ARM, com muito potencial por explorar e pelo seu baixo consumo energético tornam-se equipamentos de eleição para pequenos e grandes projectos.

Continuar a ler

Integrar a Cortana numa aplicação Windows Phone

Este artigo tem como objetivo apresentar um exemplo de como integrar a Cortana com uma aplicação de Windows Phone.

Introdução

Uma das funcionalidades interessantes no Windows Phone 8.1 é a Cortana. A Cortana não é mais do que uma assistente pessoal, que ajuda os utilizadores em tarefas básicas, tais como ligar a um amigo, marcar na agenda um acontecimento e outras tarefas.

Continuar a ler

Paralelização de Aplicações com OpenMP

Introdução

O OpenMP é uma norma/API para programação paralela em sistemas de memória partilhada para as linguagens de programação C, C++ e Fortran, desenvolvida e mantida pelo OpenMP Architecture Review Board. Disponibiliza uma alternativa simples e portável a soluções de mais baixo nível como POSIX Threads, e é suportado por vários compiladores como o GCC ou ICC, e deverá chegar em breve ao Clang/LLVM.

O OpenMP distingue-se de outras soluções para suporte a paralelismo em memória partilhada pelo seu nível de abstracção, na medida em que o essencial das suas funcionalidades é obtido através de um conjunto de directivas do compilador que especificam de forma declarativa como é que diferentes partes do código podem ser executadas em paralelo. Adicionalmente, um compilador que não suporte OpenMP pode simplesmente ignorar estas directivas, continuando a aplicação a funcionar correctamente (embora de forma sequencial). Contudo, aplicações mais complexas podem também necessitar de chamadas a funções de mais baixo nível (disponibilizados pela API do OpenMP), e que tornam a compilação da aplicação dependente do OpenMP.

Continuar a ler

Estendendo uma aplicação criada no App Studio da Microsoft

Este artigo tem como objetivo explicar como estender uma aplicação que foi inicialmente gerada pelo App Studio da Microsoft.

Num outro artigo, Criando aplicações Windows Phone 8.1 e Windows 8.1 usando o App Studio da Microsoft, foi apresentado o serviço da App Studio, os vários tipos de templates para criar aplicações, as várias fases do desenvolvimento da aplicação no serviço e por fim a geração dos pacotes e a obtenção do código.

Continuar a ler

Criando extensões para Google Chrome

Google ChromeAtualmente o browser do nosso computador é um dos softwares mais utilizados diariamente, adicionalmente, temos inúmeros plugins que acrescentam funcionalidades extra. Um plugin é um pequeno software desenvolvido para adicionar funcionalidades extra a softwares maiores, como o exemplo dos browsers que utilizamos. Os plugins podem-nos ajudar a automatizar pequenas tarefas no dia-a-dia ou até melhorar a nossa experiência enquanto utilizadores da web.

Neste artigo que vos trago hoje, vou explicar como podemos desenvolver o nosso próprio plugin para o Google Chrome.

Continuar a ler