Arquivo da Categoria: No Code

Artigos da secção “No Code”.

Windows 10: Ferramentas de Segurança

Introdução

As ameaças de segurança aos dispositivos, dados e informações são um assunto importante no dia a dia e evoluem com frequência. Por isso, é necessário contar com hardware, software e ferramentas que sirvam como uma barreira para os riscos que os utilizadores enfrentam em atividades como navegar na internet, instalar aplicações ou simplesmente ligar o computador.

Ameaças como o hacking ou infeção de equipamentos com vírus e malware, acontecem tanto a nível pessoal como empresarial e, algumas vezes, podem acontecer simultaneamente em ambos os cenários. Por isso, o primeiro passo para reforçar a segurança da nossa informação é utilizar equipamentos com ferramentas atualizadas, como por exemplo, PCs com Windows 10.

Continuar a ler

Modelos de Avaliação de Interface

Um dos pontos mais importantes, apontados no estudo das Interfaces Humano-Computador (IHC), é a preocupação em desenvolver sistemas voltados ao usuário a partir da premissa “desenvolver sistemas pensando e considerando o usuário em todo o seu processo” (SILVA, 2008, p. 92). É fundamental haver a preocupação do desenvolvimento do software em atender as especificidades e necessidades do usuário, a partir da ótica usada na Engenharia de Software (ES) consoante ao estudo da IHC.

Silva (2008, p. 92) cita Nielsen que em seu estudo classifica os métodos de avaliação de sistemas em três categorias.

Continuar a ler

Redes neurais artificiais: o que são? Onde vivem? Do que se alimentam?

Atualmente, muito se fala em inteligência artificial. O Google investe, a Microsoft, a Amazon, a Uber, o Facebook, a Apple… E essa lista não para por aqui. Nós sabemos que é uma tecnologia pujante, que, juntamente com a correta análise do Big Data, certamente será uma das ferramentas mais poderosas que nós teremos no futuro próximo.

A ideia deste artigo é falar um pouco da inteligência artificial, mais precisamente abordar os algoritmos das redes neurais artificiais (RNA), sua arquitetura, seu funcionamento e suas principais aplicações.

Continuar a ler

A interface humano-computador e a sua relação com o conceito de qualidade no desenvolvimento de software e sua percepção aos olhos do usuário (parte II)

Apesar do conceito de qualidade poder ser “mensurado” este é, em essência, abstrato. A mensuração da qualidade depende do nível de satisfação que se deseja atingir junto ao cliente. Um produto de qualidade, aos olhos do cliente é aquele que atende suas expectativas e necessidades e não necessariamente se este produto é ou não durável aos olhos de outrem.

O desenvolvimento de melhores interfaces desde o início da era da computação eletrônica com o advento do computador ENIAC de 1945/46 construído para o exército Norte-Americano com o objetivo de ser usado no seu laboratório de pesquisa balística (MORENO, 2011) tornou-se matéria de estudo, mais aprofundada, aos longos dos anos sub- sequentes na medida em que a computação passou a ser mais popular e acessível a seres humanos comuns da sociedade. Ao longo dos anos posteriores a partir de meados da década de 1940 nota-se que há uma maior preocupação com as questões de usabilidade dos computadores.

Continuar a ler

Videochamada/videoconferência: o projecto SeeMe

A Gateway SeeMe pretende apresentar uma solução de baixo custo para a obtenção de videochamada, videoconferência de qualidade. No decorrer do artigo mostra-se que uma solução IP é independente das características de rede, tanto corre sobre uma rede de pacotes, como sobre uma rede de circuitos. Explicam-se as diferenças entre a comunicação de voz e a de videoconferência.

Continuar a ler

Tinker Board

Tinker BoardHoje trago até vós caros leitores, um artigo sobre a Tinker Board. Os leitores mais acérrimos certamente sabem que sou uma fã incondicional da família Raspberry Pi. Ora a Tinker Board, é uma concorrente séria ao Raspberry Pi 3. Capaz de desviar o olhar dos fãs mais convictos, como é o meu caso. De uma forma rápida e sem rodeios, esta nova aposta da ASUS desvia-nos o olhar porque apesar de ser ligeiramente mais cara que o Pi 3, as vantagens são maiores do que a diferença de preço entre os dois modelos.

Lançada em Fevereiro de 2017 (de uma forma um pouco “atabalhoada” uma vez que houve distribuidores que a começaram a vender antes da data oficial de lançamento, o que obrigou a um rápido lançamento por parte do departamento de Marketing da ASUS), está disponível na Europa por valores entre os 65€ e 70€. Este micro computador tem um processador quad-core Rockchip RK3288 e gráficos ARM Mali-T764.

Continuar a ler

Programar Saturday 2017

No passado dia 1 de Abril teve lugar o Programar Saturday 2017 na Microsoft Lisbon Experience. Foram várias as sessões técnicas assim como workshops que estiveram ao dispor de todos os participantes. Cerca de cinquenta pessoas estiveram presentes, tornando este evento um sucesso. Nesta edição não podíamos deixar de deixar um agradecimento “oficial” a todos os que contribuíram desde a organização, voluntários, oradores e participantes.

Continuar a ler

Windows 10: As novidades do Creators Update (Build 15063 – Version 1703)

Introdução

Windows 10 Creators Update AnnouncementPouco tempo depois do lançamento do Windows 10 Anniversary Update, mais propriamente a 11 de agosto de 2016, a Microsoft lançou a Build 14901, a primeira Development Branch da “Redstone 2” e cujo nome de código que viria mais tarde a ser oficializado como Creators Update. Após 8 meses de desenvolvimento e do lançamento de 47 Builds (28 para PC e 19 para Mobile), a Microsoft deu como terminado o trabalho em torno desta atualização e anuncia o dia 11 de abril como a data da disponibilização geral para todos os utilizadores na versão PC e 25 de abril para a versão Mobile.

O Creators Update foi criado para potenciar a criatividade, transformar as ideias em realidade e permitir que qualquer utilizador possa deixar a sua marca no mundo. Também aqui foi fundamental a participação dos cerca de 10 milhões de Windows Insiders que, através do seu feedback, ajudaram a construir mais uma grande atualização.

Vejamos então de forma resumida algumas das novidades mais importantes disponíveis para o consumo e também para empresas.

Continuar a ler

Raspberry Pi Zero W

Com o intuito de comemorar o quinto aniversário da família Raspberry Pi, o fim de Fevereiro de 2017 trouxe mais uma novidade a esta conhecida família. Como não podia deixar de ser, aqui na Programar continuamos a ser fãs desta temática, motivo pelo qual não hesitamos em dedicar-lhe algumas linhas nesta edição.

Continuar a ler

Interface Humano – Computador, Nanotecnologia e a dependência tecnológica

Introdução

O presente release tem por finalidade abordar como a criação de interfaces avançadas propiciam novos avanços em diferentes áreas do conhecimento. Neste contexto, o foco discutido permeia questões sobre a criação e o desenvolvimento da nanotecnologia que pode estar direta ou indiretamente alterando a interação do homem com o computador.

Um ponto evidente é que o imaginário proposto nas produções cinematográficas, principalmente no que tange a ficção científica apresenta grandes possibilidades de aplicação no uso de Interfaces Humano-Computador (doravante IHC), tanto no aspecto positivo e benevolente como pode ser percebido na produção “Viagem Fantástica” (Fantastic Voyage) de 1966, como no aspecto sombrio e devastador na produção “Exterminador do Futuro” (The Terminator) de 1984. Cabe como ilustração um breve comentário sobre o filme “Minority Report” de 2002 que apresenta um estilo de interface, introduzida tempo depois no console de videogame XBOX da empresa Microsoft com o periférico Kinect o qual proporciona uma mecânica de jogabilidade semelhante à mostrada no filme.

Continuar a ler