Arquivo de etiquetas: vb.net

Introdução à Programação em Visual Basic 2010

O livro Introdução à Programação em Visual Basic 2010, da autoria de António Gameiro Lopes, é um livro lançado pela FCA – Editora de Informática, com 448 páginas divididas em 8 capítulos, e é apresentado como um guia de iniciação ao fascinante mundo da Programação, tomando como base o Visual Basic 2010, na sua versão gratuita Express.

Começa por definir os objectivos e organização do livro, assim como as convenções utilizadas durante este. De seguida, explica passo a passo a instalação do Visual Studio, com recurso a várias imagens, e a descrição o Ambiente de Desenvolvimento Integrado (IDE). O terceiro capítulo é dedicado a controlos e à construção da interface gráfica, descrevendo a Caixa de Ferramentas (toolbox), algumas noções fundamentais, propriedades, métodos, eventos e a descrição das classes mais utilizadas. O quarto capítulo, sobre noções básicas, descreve dados (constantes e variáveis), operadores, funções matemáticas, funções literais, como trabalhar com a data e hora e a gestão de ficheiros, pastas e drives. O quinto capítulo aborda estruturas, enumerações, variáveis indexadas (arrays), estruturas de decisão, estruturas de repetição, procedimentos, gestão de erros, etc. No sétimo capítulo, cujo objectivo é explicar outras funcionalidades do Visual Basic 2010, mostra como trabalhar com ficheiros ASCII (texto), como comunicar com o Microsoft Excel e a criação de elementos gráficos. O sétimo capítulo é um caso prático, onde mostra como se aplicam alguns dos conhecimentos anteriormente referidos. Para finalizar, o oitavo e último capítulo, refere como efectuar a distribuição e publicação de uma aplicação.

Continuar a ler

O Namespace MY em VB.Net 2005

O VB.NET 2005 introduziu uma característica muito interessante em relação às outras versões, criando o namespace My. O namespace My contém um conjunto de objectos que simplifica o acesso a diversas áreas do .NET Framework, como o sistema de ficheiros ou dados da aplicação. Este namespace não está disponível noutras linguagens .NET. Para além de reduzir a quantidade de código (na implementação de diversas funcionalidades era necessário recorrer a APIs) o namespace My expõe alguns objectos que são gerados dinamicamente à medida que se acrescentam características aos projectos. Por exemplo, cada classe form que se acrescenta a um projecto fica disponível através de uma propriedade distinta do objecto My.Forms.

Continuar a ler